Logo - King Kenzo
.Home .O autor
_.Ideias _.Parceiros
__.Roteiros __.Contato
___.Postgens

Continuidade direta ou segmentada?


Estava assistindo Full Metal Alchemist Brotherhood e percebi... que é muito bom, recomendo... que crio a história usando blocos.

Deixa eu explicar.
O jeito que faço meus projetos longos (isso não deve ser tão relevante para one-shots) consiste em arcos separados. Eu penso em uma situação, penso no começo, meio e fim dela e parto para outra situação. A outra opção seria começar uma situação, pensar no começo,meio e fim, sendo esse fim o começo da próxima situação.

Deixa eu explicar de novo.
O jeito que eu faço cria intervalos "contornados" entre arcos, enquanto a outra opção (mesmo ainda tendo arcos) passa a sensação de que tudo é uma coisa só.

Nenhum dos dois jeitos estão errados, pelo contrário.

O meu jeito funciona muito bem com projetos longos, que não se vê o fim, pois esses intervalos criam uma área de descanso para o leitor e para o roteirista. Sem esses intervalos o projeto teria que ficar constantemente em "o climax está chegando" e ele nunca chegaria, afinal o projeto é longo (no meu caso "infinito"). A espera poderia cansar o leitor (e criar uma expectativa muito grande) e jogaria muita responsabilidade nos ombros do roteirista, que poderia acabar fazendo o projeto ficar forçado (creio que a parte final de Naruto seja um exemplo disso).

O outro jeito funciona divinamente bem com projetos curtos, pois o climax no final está sendo constantemente estimulado. A sensação de que tudo é uma coisa só faz com que a resolução final englobe o projeto como um todo, não apenas o(s) bloco(s) que levou a ela. Ainda assim acredito que criar alguns intervalos para o leitor respirar seja recomendado, só que eles devem ser mais curtos e não tão evidentes.

Tendo isso em mente fica mais fácil criar um projeto.
Se quer criar algo longo/infinito, pense em uma continuidade segmentada ~ (começo - meio - fim)~(começo - meio - fim)~(...)
Se quer criar algo curto, pense em uma continuidade direta ~ (começo - meio - fim+começo - meio - fim+começo - meio - fim)

Ps.: esse capítulo de Kenzo está uma belezura... fiquei 168,4% mais orgulhoso que o costume com ele.

Novos capítulos

Kenzo 031: A reunião - Seph
Siga a série: Kenzo

Grand Kingdom Brawl 007: O herói indestrutível
Siga a série: Grand Kingdom Brawl

Nenhum comentário:

Postar um comentário

© King Kenzo - 2014. Todos os direitos reservados. Esse site não funciona direito no celular... foi mal :P Tecnologia do Blogger